suivre par email

3 de jul de 2009

ISA GRIS



ISA GRIS
Thiers R >



in orange

abre u'dedo noturno

como canção

violeiro amigo

olha a paisagem gris

espia a barra da lua

cuspida do céu

onde o

amam

nhecer

sem conceder

atravessa garganta

coberta por versos.

> > > > > > >

2 comentários:

lunetaria disse...

Gostei :)

Thiers R > disse...

lunetaria, com tda economia de letras agadeço seu : gostei
Passei no seu blog mas percebi q deveria ler e não somente agradecer. Volto lá com certeza.

Thiers